Acusado de matar policial militar em Malta troca tiros com a polícia e acaba morto, nesta quinta (29)

 


A Polícia Militar havia anunciado o fechamento do cerco contra os principais suspeitos pela morte do Cabo Manoel Messias Paulino, de 44 anos, que foi morto com vários tiros de arma de fogo na noite dessa quarta (28), enquanto bebia com amigos, em Malta-PB.

Na manhã dessa quinta (29), um deles teria trocado tiros com uma guarnição da PM. Atingido, o suspeito acabou morrendo, segundo informações do delegado Elcenho Engel.

O suspeito estava escondido no mato, em uma região rural de Malta. Localizado pela polícia, ele teria atirado contra os policiais e acabou sendo baleado.

Ele foi socorrido para o Complexo Hospitalar Regional de Patos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em seguida.

A investigação segue e pessoas que estavam no local do crime foram ´restar depoimento na polícia civil em Patos.

Patosonline.com

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.