Cabedelo vacina contra Covid-19 pessoas a partir de 18 anos com deficiência permanente sem o BPC nesta segunda-feira

 As vacinas estarão disponíveis apenas no Cabedelo Clube, no centro da cidade, das 8h às 14h.





A Prefeitura de Cabedelo vacina nesta segunda-feira (17), contra Covid-19 pessoas a partir dos 18 anos com deficiência permanente e sem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). As vacinas estarão disponíveis apenas no Cabedelo Clube, no centro da cidade, das 8h às 14h. 

Além deles, as doses também estão disponíveis para estudantes estagiários da área de Saúde que estejam em qualquer período do curso; pessoas com 18 anos ou mais que possuam alguma das comorbidades que agravem a doença; Pessoas com deficiência cadastradas no BPC e que estejam na faixa etária dos 18+; Gestantes e Puérperas com comorbidades; pessoas a partir dos 60 anos; pessoas com síndrome de Down e profissionais da saúde.

As gestantes e puérperas com comorbidades serão imunizadas com a vacina da Pfizer. Para tanto, é necessário, além dos documentos de identificação e carteira do SUS, um laudo médico comprovando a doença.

Comorbidades

As comorbidades que podem agravar a Covid-19, segundo Nota Técnica da Secretaria Estadual de Saúde (de 29 de abril de 2021), são: Diabetes mellitus; Pneumopatias crônicas graves; Hipertensão Arterial resistente; Insuficiência cardíaca; Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar; Cardiopatia hipertensiva; Síndromes coronarianas e Síndromes coronarianas crônicas; Valvopatias, Miocardiopatias e Pericardiopatias; Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas; Arritmias cardíacas; Cardiopatias congênita no adulto; Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados; Doença cerebrovascular; Doença renal crônica,; Imunossuprimidos, Hemoglobinopatias graves; Obesidade mórbida; e Cirrose hepática.

Documentação

Para ter acesso à imunização, é necessário levar Identidade com Foto, CPF e Cartão do SUS. Para os portadores de comorbidades, ainda é preciso levar original e cópia de laudo médico e receita atualizados que comprovem a doença; e para os deficientes físicos, comprovação de inscrição do BPC.

Para os profissionais da saúde, além dos documentos de identidade, é necessário apresentar a carteira do Conselho e comprovação de que atua em algum serviço de saúde. Já para os estagiários, é exigido declaração de que esteja concluindo o curso da Universidade ou Escola Técnica

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.