Após recomendação do Ministério da Saúde, João Pessoa suspende vacinação contra Covid-19 de gestantes e puéperas sem comorbidades

 A decisão acontece após a recomendação do Ministério da Saúde, devido a investigação do caso de uma gestante que morreu no Rio de Janeiro​ depois ter sido imunizada com a vacina AstraZeneca.




A Prefeitura de João Pessoa suspende a partir desta quarta-feira (12), a vacinação contra Covid-19 de gestantes e puérperas sem comorbidades. A decisão acontece após a recomendação do Ministério da Saúde, devido a investigação do caso de uma gestante que morreu no Rio de Janeiro depois ter sido imunizada com a vacina AstraZeneca.

Na noite da última segunda-feira (10), a Anvisa emitiu nota técnica em que recomenda a suspensão imediata do uso da vacina Covid da AstraZeneca/Fiocruz em mulheres gestantes.

Na nota enviada pela Prefeitura de João Pessoa, " a vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades, após suspensão do uso da vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz nesses casos, deverá prosseguir com as demais vacinas Covid-19 em uso no país (Sinovac/Butantan e Pfizer)".

No caso das gestantes que já foram vacinadas com a primeira dose da AstraZeneca, as orientações detalhadas serão emitidas em nota técnica pelo Programa Nacional de Imunizações.

Confira a nota completa

Nota

Seguindo recomendação do Ministério da Saúde de suspender a vacinação de gestantes e puérperas sem comorbidades em todo o território brasileiro (independente do laboratório fabricante), a Prefeitura de João Pessoa informa que a vacinação desse grupo de mulheres contra a Covid-19 deixa de ser realizada a partir desta quarta-feira (12).

A vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades, após suspensão do uso da vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz nesses casos, deverá prosseguir com as demais vacinas Covid-19 em uso no país (Sinovac/Butantan e Pfizer). Para vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades, a mulher deverá comprovar a condição de risco (comorbidade) por meio de exames, receitas, relatório médico, prescrição médica.

Em relação ao cumprimento do esquema vacinal para as gestantes que já foram vacinadas com a primeira dose da AstraZeneca, orientações detalhadas serão emitidas em nota técnica pelo Programa Nacional de Imunizações.

Click PB

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.