UFPB garante auxílio aos alunos até o mês de dezembro

Não é necessário se matricular no período suplementar para receber benefício.



A Universidade Federal da Paraíba (UFPB), por meio da Pró-Reitoria de Assistência e Promoção ao Estudante (Prape), garante auxílio estudantil até dezembro. Não é necessário se matricular no período suplementar para receber benefício.
Em comunicado publicado na tarde desta terça-feira (18),  a pasta diz que "está ciente da atipicidade do período em que estamos vivendo e das enormes dificuldades que os discentes em vulnerabilidade, em especial aos assistidos pela Prape estão passando".
Nesse sentido, a equipe da Prape conta que tem trabalhado na manutenção dos auxílios e afirma que "os recursos do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes) estão assegurados para o pagamento dos auxílios Prape/UFPB e garantidos a todos os alunos assistidos até o final de 2020".
A Pró-Reitoria de Assistência e Promoção ao Estudante (Prape) informa ainda que a UFPB disponibilizará o Auxílio Instrumental com recursos discricionários, assim como a inclusão digital com o fornecimento de chips.
A pasta reajustou, no dia 8 de julho, os valores dos auxílios alimentação e moradia. Além disso, criou o auxílio residência universitária, que antes era uma ajuda para alimentação nos finais de semana e feriados.
Em 16 de julho, publicou edital de seleção para concessão de 799 vagas para os auxílios restaurante universitário, alimentação, moradia, residência universitária e transporte.
Em 27 de julho, tornou público edital de seleção para concessão de 60 auxílios creche. A Prape também divulgou e-mails para tirar dúvidas sobre seleção para auxílios estudantis, com cada um dos quatro campus atendendo através de correio eletrônico específico.
Os estudantes dos quatro campi da UFPB são selecionados para receber os auxílios estudantis conforme as bases legais do Decreto nº 7.234 de 19/07/2010, que dispõe sobre o Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) do Ministério da Educação (MEC), e as normas constantes nos editais de seleção. 
A classificação ocorre de acordo com pontuação recebida após análise socioeconômica, fundamentada nos indicadores de vulnerabilidade socioeconômica constantes nos editais de seleção. 
Os pagamentos são depositados até o 10º dia útil de cada mês, em conta corrente dos estudantes e são referentes ao mês vigente da data do recebimento, mediante disponibilidade orçamentária do MEC/UFPB.
Click Pb

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.