Secretaria de Saúde da Paraíba só decidirá sobre volta às aulas presenciais depois de testar pelo menos dois mil estudantes

Os testes devem ser aplicados em pelo menos duas mil residências que tenham moradores de três a 17 anos convivendo com pessoas de grupos de risco.



A Secretaria de Saúde da Paraíba pretende realizar testes rápidos de covid-19 em lares de paraibanos em que crianças e adolescentes em idade escolar residem com pessoas maiores de 60 anos ou que apresentam doenças associadas. Os resultados servirão para orientar a decisão sobre o retorno das aulas presenciais no estado.
O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, explicou ao ClickPB que os testes devem ser aplicados em pelo menos duas mil residências que tenham moradores de três a 17 anos convivendo com pessoas de grupos de risco. Ainda não há previsão para a finalização desta etapa, o que significa que também não há previsão para o retorno das aulas presenciais.
O presidente do Sindicato das Escolas Particulares de João Pessoa, Odésio Medeiros, afirmou que espera receber já em setembro uma resposta da Secretaria de Saúde sobre o retorno das aulas presenciais, mas destacou que é preciso cautela. ''Não adianta abrir em risco'', disse. 
Odésio Medeiros ressaltou que o mais importante é que as crianças não adoeçam, assim como os adultos funcionários das escolas e lembrou que não está havendo prejuízo do ensino, já que as aulas continuam ocorrendo de forma remota.
Click PB

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.