Sandra Marrocos critica voto de repúdio da Câmara de João Pessoa a Chico César, mas considera que "a pessoa tem que arcar com o que diz"

Durante a sessão, a vereadora se absteve da votação que aprovou por unanimidade, um voto de repúdio a Chico César, por causa da letra da música ''Bolsominions são demônios''.



A vereadora Sandra Marrocos (PT) criticou o voto de repúdio da Câmara de João Pessoa (CMJP) ao cantor e compositor paraibano Chico César, mas considera que "a pessoa tem que arcar com o que diz". Ainda de acordo com ela, o músico não merece esse tipo de voto “porque um artista do porte dele leva a nossa música para o mundo inteiro", afirmou. 
Durante a sessão desta quinta-feira (13), a vereadora se absteve da votação que aprovou por unanimidade, um voto de repúdio a Chico César, por causa da letra da música ''Bolsominions são demônios''. Sandra Marrocos (PT) contou ao ClickPB que preferiu se abster do voto. "Não votei contra e nem a favor. Chico não merece", comentou. 
No entanto, frisou que "tem que avaliar a fala dele. Mas eu jamais votaria a favor de um voto de repúdio a Chico". Essa avaliação, citada pela vereadora, deverá ser feita ao próprio cantor e compositor paraibano. "Não cabe a mim avaliar", frisou.
O requerimento que aprovou o voto de repúdio foi da vereadora Eliza Virgínia (Progressistas). Na justificativa, destacou o trecho da letra que diz "Bolsominions são demônios que saíram do culto para brincar de amigo oculto com Satan no condomínio". Por citar um culto, como costumam ser chamadas as celebrações da igreja evangélica, a vereadora argumenta que a canção incentiva a intolerância religiosa.
Click Pb

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.