Presidente do STF nega pedido de Jefferson Kita para suspender eleição indireta em Bayeux

O prefeito interino de Bayeux ingressou com pedido de suspensão de segurança, nesta terça-feira (18).



O presidente do STF, ministro Dias Tóffoli, negou pedido do prefeito Jefferson Kita para tentar impedir a realização da eleição indireta em Bayeux, nesta quarta-feira (19), às 15h. O gestor ingressou com pedido de suspensão de segurança, nesta terça-feira (18).

O desembargador Fred Coutinho havia determinado no sábado (15) a realização imediata da eleição indireta. Após o presidente da Câmara, Inaldo Andrade, não marcar nem realizar a eleição na segunda-feira (17), uma nova ordem judicial determinou que ela seja feita em 48 horas. Após a determinação, o presidente do Legislativo marcou o pleito para a tarde de amanhã.

Click Pb

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.