Câmara de Bayeux é notificada de decisão judicial para realizar eleições indiretas em até 48 horas

A previsão é que a Mesa Diretora se reúna nesta terça-feira (18) para definir o dia e a hora da eleição, pois o prazo se expira na quarta-feira.



O vice-presidente da Câmara Municipal de Bayeux, o vereador Uedson Silva, recebeu por volta das 17h20, desta segunda-feira (17), a notificação da decisão do juiz da 4ª Vara Mista da cidade, Francisco Antunes Batista, que deu um prazo de 48 horas para Câmara cumprir a decisão e fazer eleição indireta na cidade para o cargo de prefeito.
"Na ausência do presidente da Câmara, eu assinei o documento", afirmou Uedson ao ClickPB, destacando que a previsão é que nesta terça-feira (18) a Mesa Diretora se reúna para definir o dia e a hora da eleição, pois o prazo se expira no dia seguinte. No despacho da tarde de hoje, o juiz determinou “ciência e fiel cumprimento, bem assim para que seja dado andamento normal ao processo de eleição”.
A decisão que determinava a eleição indireta foi dada pelo desembargador Frederico Martinho da Nóbrega Coutinho, no último sábado (15). O juiz reconsiderou a determinação da desembargadora Maria das Graças Morais Guedes de suspender o pleito. 
Click Pb

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.