Bruno Farias quer investir em obras de ligação entre bairros e acusa má gestão dos recursos públicos na Prefeitura de João Pessoa

Segundo Bruno Farias, João Pessoa tem um orçamento apertado por causa de má gestão. "95% estão comprometidos com mordomias, com salários, com pagamento de pessoal.


O vereador Bruno Farias disse que quer cortar mordomias e investir em preservação do meio ambiente, do patrimônio histórico e na melhoria da mobilidade urbana e da infraestrutura dos serviços básicos, se eleito prefeito de João Pessoa. O pré-candidato pelo Cidadania disse em entrevista ao Arapuan Verdade desta terça-feira (11) que aguarda decisão do governador sobre a sua pré-candidatura.
Questionado da demora na definição, Bruno Farias argumentou lembrando do caso de Campina Grande, em que Romero Rodrigues ainda não decidiu seu pré-candidato, estando a escolha entre Bruno Cunha Lima e Tovar Correia Lima.
Bruno Farias também defendeu obras de ligação entre bairros como um acesso entre as Três Ruas, nos Bancários, e o Jardim Cidade Universitária. "A médio prazo a ligação entre os bairros. Essa ligação é essencial. É preciso fazer outra, por exemplo, nas Três Ruas", disse ele lembrando da ligação feita entre os Bancários e o Altiplano, pelo Governo do Estado.
Segundo Bruno Farias, João Pessoa tem um orçamento apertado com folha de pessoal por culpa do que ele classifica como má gestão. "Para você ter uma ideia hoje, o nosso orçamento de algo em torno de R$ 2,5 bilhões - metade deles vem de transferências governamentais da esfera federal e outra metade de recursos próprios - nessa parte de recursos próprios, apenas 5% é destinada a investimento, a despesas de capital. Os outros 95% estão comprometidos com mordomias, com salários, com pagamento de pessoal. Isso é prova da falta de planejamento da gestão na cidade de João Pessoa."
Ele falou do crescimento da Capital e alegou que o processo de desenvolvimento econômico não acompanhou o crescimento populacional. "Temos uma cidade que nos últimos anos passou de pequeno porte para porte médio. Com grandes desafios e imensas dificuldades. João Pessoa não acompanhou o crescimento demográfico de sua população. Nas últimas décadas nós saltamos de 490 mil para quase 850 mil pessoas vivendo em João Pessoa de 1990 para cá. Portanto, quase que dobramos a população. A cidade cresceu e o processo de desenvolvimento econômico não acompanhou  essa explosão demográfica, fazendo com que nós tivéssemos uma ocupação desordenada, com problemas nas áreas periféricas, principalmente na Zona Sul de João Pessoa. E os investimentos, os serviços básicos não acompanharam."
Bruno apresentou dados que mostram João Pessoa com índices ruins de desenvolvimento. "Só para você ter uma ideia nós somos o segundo pior PIB entre as nove capitais do Nordeste. João Pessoa é a quinta menor renda per capita entre as nove capitais do Nordeste. João Pessoa tem a quarta maior taxa de analfabetismo entre as nove capitais do Nordeste. Nós temos o quarto menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) entre as capitais do Nordeste. Isso é prova de que houve má gestão política, de que houve péssimo planejamento. Isso não é fruto da fatalidade histórica ou do desígnio da natureza. É falta da capacidade de investir e de administrar a coisa pública."
O pré-candidato pelo Cidadania disse que, mesmo ainda sem definição de seu nome na disputa, foi orientado pelas lideranças estaduais a debater os problemas da cidade. Ele organiza seu plano de governo nos seguintes eixos: "desenvolvimento econômico sustentável socialmente inclusivo; solução adequada, contemporânea e eficiente da mobilidade urbana; modernização e complementação de infraestrutura em serviços básicos; recuperação, requalificação e preservação do patrimônio histórico; preservação e manutenção do meio ambiente em especial de manguezais, praias, rios e falésias de nossa cidade; e por fim a modernização da máquina administrativa com a implantação de governança digital com corte dos gastos nas mordomias, cortando na própria carne, fazendo com que nossa capacidade de investimento aumente."
Click Pb

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.