Ricardo Coutinho é alvo de quinta denúncia na Operação Calvário, acusado de fraudes em contratos do Hospital de Trauma de João Pessoa

Ele e mais 12 pessoas são acusadas de praticar fraudes em contratos da Cruz Vermelha com o Hospital de Trauma de João Pessoa.




O Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba, ofereceu, nesta quinta-feira (4), a quinta denúncia contra o ex-governador Ricardo Coutinho, no âmbito da Operação Calvário. Ele e mais 12 pessoas são acusadas de praticar fraudes em contratos da Cruz Vermelha com o Hospital de Trauma de João Pessoa.
Ricardo Coutinho é apontado como líder de uma organização criminosa que teria agido entre 2011 e 2018. Ele foi denunciado juntamente com Daniel Gomes da Silva (Cruz Vermelha), os ex-secretários Livânia Farias e Waldson de Souza, além de Jovino Machado da Nóbrega, Ney Suassuna, Aracilba Rocha, Fabrício Suassuna, Otto Hinrichsen Júnior, Edmon Gomes da Silva, Saulo de Avelar Esteves, o ex-procurador Gilberto Carneiro da Gama e Sidney da Silva Shmid.
Click Pb

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.