Raí volta a criticar Bolsonaro e contraria propostas de retorno do futebol brasileiro



247 – Dirigente de futebol do São Paulo, Raí tem se posicionado politicamente e socialmente em meio à pandemia do novo coronavírus. O ex-jogador chegou a sugerir a renúncia de Jair Bolsonaro, além de contrariar propostas de retorno de eventos e torneios do esporte. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.
“Atualmente, estamos enfrentando uma crise política, em que a democracia e os valores humanos estão sendo discutidos. O limite também, do autoritarismo. Em uma democracia, precisamos do Congresso, do Supremo Tribunal Federal e de um poder executivo. Minha postura é em favor da democracia. Não me envolvo com polêmicas, mas quando vejo tanta injustiça social, que vidas estão ameaçadas pelo vírus, eu falo. O presidente foi eleito democraticamente, mas você precisa ouvir a ciência, os especialistas e não colocar em risco a vida das pessoas”, disse o dirigente do clube tricolor.
Questionado sobre o retorno de torneios e eventos de futebol no Brasil, Raí disse acreditar que o momento não é o ideal. “Ainda não. Alguns clubes estão preparando seus protocolos sanitários, mas enquanto o número de vítimas estiver aumentando seria difícil ver a retomada do futebol. Além disso, vários estádios, como o Pacaembu, abrigam hospitais de campanha. Dirigentes, como eu, tentam planejar um retorno, mas não enquanto vidas estão em perigo. Somente quando tudo estiver sob controle”, acrescentou.
Diário PB

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.