Marina Araújo diz que foi vítima de ato libidinoso de invasor da TV Globo: "pressionava suas partes íntimas"

Ao prestar depoimento na delegacia, Marina contou que foi vítima de ato libidinoso do invasor Thomas Rainer.



A jornalista e repórter Marina Araújo ainda está muito abalada após ter sido atacada por um homem que invadiu a TV Globo na última quarta-feira (10). Ao prestar depoimento na delegacia, Marina contou que foi vítima de ato libidinoso do invasor Thomas Rainer.
Segundo informações de Bruno Tálamo, repórter do programa ‘A Tarde é Sua’, da RedeTV!, Marina relatou que Thomas cheirava seu pescoço, elogiava seus atributos físicos e pressionava suas partes íntimas contra seu corpo.
O sequestrador surpreendeu Marina Araújo na porta da emissora global que fica no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Com uma faca, ele pulou a catraca para invadir os estúdios do canal e  queria que a Globo fizesse uma transmissão ao vivo sobre o episódio e também falava em sequestrar a apresentadora Renata Vasconcellos, que também ficou muito abalada e com medo do ocorrido.
ISTO É

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.