Moradores protestam e emitem nota de repúdio contra a PMJP por demolição em praça

Moradores e praticantes de esporte protestaram contra a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) por conta da demolição de uma mureta na da praça Wanda Braga de Lucena, localizada no bairro do Bessa, em João Pessoa. A ação foi gravada pelos moradores.

De acordo com os desportistas, o local estava abandonado e foi adotado por alguns atletas, que realizaram benfeitorias para a sua utilização. O grupo procurou a prefeitura para solicitar as melhorias e diante do retorno positivo, deu início ao processo, mas foi surpreendido com a ação de demolição nessa quinta-feira (30), por parte de agentes da secretaria. Assista ao vídeo mais abaixo.

Confira a nota:

Os praticantes de esporte da praça Wanda Braga de Lucena, vem à público repudiar a atuação sedurb na demolição da mureta que cercava a quadra.

Desde 2015, um grupo de atletas adotou o espaço, que era mal iluminado e pouco frequentado, local este que era utilizado por dependentes químicos para o consumo ilícito de entorpecentes.


Inicialmente fora realizada uma cota para compra de materiais, e todos dedicaram um pouco do tempo que tinham no intuito de cercar o local destinado à prática do Beach Tennis, esporte que está em ascensão, sendo este o que mais cresce no mundo, dentre os esportes praticados na areia.
Foi arrecado através de doações, postes, refletores, que viabilizam a prática do esporte durante a noite, onde todos os dias mais de 30 pessoas praticam a modalidade.


No corrente ano foi protocolado, junto a Prefeitura Municipal de João Pessoa, a permissão de uso do solo para ampliação da referida área, seguindo o seguinte trâmite: iniciou-se com o deferimento interno por parte da SEPLAN, em seguida fora encaminhado para SEDURB, onde também fora deferido e encontrava-se na SEMAN. Acompanhávamos o processo semanalmente e recebíamos sempre feedbacks positivos, todavia, enquanto aguardávamos a licença final da SEMAN, a situação de pandemia se fez evidente, sendo necessária a reclusão não só dos praticantes da modalidade, mas de todos os brasileiros, entramos em quarentena e as atividades da prefeitura foram paralisadas.

Verificando a necessidade de manutenção e melhoria para comportar mais atletas e manter o local bem cuidado, antecipamos o início da instauração das benfeitorias.

Porém no dia 30 de abril de 2020 (quinta-feira), colaboradores da SEDURB, mediante determinação totalmente arbitrária, demoliram a benfeitoria que estava em fase de conclusão, sendo esta uma mureta e um alambrado de um dos lados da quadra.

O que nos deixou mais revoltado, foi a falta de diálogo, não fomos notificados e nem comunicados, apenas nos deparamos com a demolição das benfeitorias, enquanto todos os secretários que tinham a plena ciência do trâmite da referida licença quedaram-se inertes.

Ademais, não mediram esforços para demolir algo que iria fazer bem a comunidade local, motivados apenas por uma denúncia não condizente com a realidade, sob o argumento de que para utilização da quadra era imprescindível o pagamento, onde na verdade eram feitas colaborações eventuais para manutenção do local, quando entendíamos necessárias, apenas dos frequentadores assíduos praticantes da modalidade, como por exemplo as benfeitorias ora discutidas.

Deixo aqui, em nome dos atletas, minha nota de repúdio!

Assista ao vídeo da demolição aqui

Diário da Paraíba

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.