Ítalo Kumamoto prevê colapso, diz que vai faltar leitos em hospitais públicos e privados e apela para população atender medidas de isolamento social

Italo Kumamoto, médico cardiologista, dono de hospital de referência na cidade de João Pessoa e por isso voz respeitada na área da medicina, fez uma revelação preocupante hoje: a rede hospitalar, pública e privada, está numa peinha de nada para superlotar e não ter mais condições de atender.

Ele gravou o vídeo que vai reproduzido logo abaixo e que, em síntese, diz o seguinte: “Eu acabei de sair de uma reunião com representantes do Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Secretaria Estadual da Saúde, Secretaria Municipal da Saúde, representantes da Unimed João Pessoa, representantes do hospital Nossa Senhora das Neves, e outras autoridades, e venho aqui para fazer um apelo a vocês e compartilhem isso para todo mundo. Os hospitais estão sobrecarregados. Públicos e privados”, explicou ele.

“Se a situação continuar no nível que nós estamos vivendo hoje, as pessoas relaxando o isolamento social, as medidas preventivas contra o coronavírus, nós não vamos ter leito para os pacientes que vão precisar internar, seja numa enfermaria, seja num apartamento, seja numa UTI”, disse Italo Kumamoto.

“Estou fazendo um apelo aqui em nome dessas autoridades, e em meu nome, estou há 60 dias em minha casa. Estou há 2 meses sem sair de casa, cumprindo o meu dever de cidadão de me isolar para prevenir que essa doença se propague. Faço um apelo a vocês que divulguem, principalmente para o pessoal de Santa Rita, Bayeux, Cabedelo. Essa doença não é brincadeira, essa doença mata, nós não temos leito, e estou pedindo a vocês, por favor, por caridade, peçam que as pessoas fiquem em casa. Mantenham-se isolados. Essa é a única forma da gente evitar um desastre da saúde”.

Confiram as palavras de Kumamoto:
Diário da Paraíba com Blog do Tião Lucena

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.