É #FAKE mensagem que fala em cadastro para receber auxílio gás






Circula pelas redes sociais uma mensagem sobre a criação de um auxílio gás pelo Ministério da Cidadania em meio à pandemia de coronavírus. O texto diz que famílias de baixa renda podem se cadastrar para receber o benefício de R$ 90 mensais para a compra do gás doméstico e oferece um link para o cadastro. É #FAKE.

Segundo a assessoria do Ministério da Cidadania, a informação é falsa. Não houve criação de auxílio destinado à compra de gás, de acordo com a pasta.

O link da mensagem falsa leva para uma página que não tem relação com os sites oficiais do governo. Ele usa imagens de programas antigos do governo federal, como o Fome Zero, e programas atuais, como o Bolsa Família, para se fazer passar por um site governamental.

Na página, há um questionário socioeconômico que os usuários precisam preencher, com perguntas sobre a renda familiar e número de desempregados na família.

O mesmo servidor desse site tem outros 11 domínios não oficiais, alguns que simulam pertencer a redes varejistas brasileiras e outros de mineração de bitcoins (criptomoedas).

Outras mensagens sobre o auxílio gás circularam pelas redes, com valores diferentes para o benefício e um link que leva para outro site. Neste caso, o site também não é vinculado ao governo federal.

Todos os programas sociais do governo estão elencados no site oficial do Ministério da Cidadania.

Há, de fato, um projeto que prevê a criação do benefício. De autoria dos deputados do PT Bohn Gass e Paulo Teixeira, o PL 1922/2020 foi apresentado no mês passado e institui o vale enquanto perdurar o estado de calamidade pública. Ele ainda não foi nem sequer apreciado na Câmara, no entanto. O valor proposto também é outro: R$ 80.


PORTAL CABULOSO

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.