Presidente do Sindicato afirma que lotéricas podem fechar as portas na Paraíba devido exigência do Governo

A presidente do Presidente do Sindicato dos Lotéricos da Paraíba, Marlene Falcão, informou neste sábado (18) que após reunião com proprietários foi considerado inviável que lotéricas permaneçam abertas na Paraíba, devido às exigências do Decreto do Governo Estadual que determina aos estabelecimentos o fornecimento de máscaras a clientes, sob pena de multa diária.

Os lotéricos afirmam que além de não encontrar as máscaras no mercado, o custo gerado é alto, tendo em vista que a Caixa Econômica paga centavos por cada transação feita na Loteria.

Caso feche as portas, milhares de paraibanos ficarão sem receber o auxilio emergencial e não poderão realizar demais transações.

Veja a Nota:
Povo do Estado da Paraíba, o governador decretou que os estabelecimentos só podem atender ao público se fornecerem máscaras para os clientes!

Uma exigência impossível de ser cumprida tanto por causa do altíssimo custo gerado para comprar as máscaras, já que a Caixa Econômica paga centavos por cada transação feita na Loteria, quanto pela falta de máscaras no Mercado.

Informamos ainda que caso essa exigência não seja retirada, as casas lotéricas poderão fechar suas portas.

Desde já nos colocamos à disposição do governo para dialogar e encontrar uma solução imediata, não impedindo que a população receba o auxílio emergencial.

Em 18/04/2020

Marlene Falcão

Presidente do Sindicato dos Lotéricos da Paraíba

Diário da Paraíba com Portal do Litoral

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.