Grande exemplo: Câmara de Bayeux destina R$ 162 mil para ajudar aposentados do município

O presidente da Câmara Municipal de Bayeux, Jefferson Kita, recebeu, nesta quarta-feira (22), uma comissão formada por representantes do Sindicato dos Trabalhadores do Município de Bayeux - SINTRAMB e por servidores aposentados da Prefeitura Municipal que estão sem receber seus proventos há quase dois meses, motivo pelo qual se reuniram e discutiram a atual situação em que se encontram os funcionários inativos, pensionistas e do próprio IPAM. O encontro também contou com a participação do vereador Betinho da RS.

Ciente da gravidade do problema e sensível à situação daqueles que passaram a vida contribuindo com o seu trabalho para o crescimento do município e agora sob sérias dificuldades, o presidente do parlamento mirim bayuexense ouviu os pleitos da categoria e propôs algumas soluções, buscando dar a sua contribuição.

Além de lembrar um Projeto de Lei de sua autoria que tramita na Comissão de Constituição e Justiça da Casa que, aprovado e sancionado, torna lei a priorização do pagamento de aposentados e pensionistas do município, Kita assinou o termo de devolução de mais de R$ 162 mil aos cofres públicos da cidade e indicou ao prefeito Berg Lima que direcione a verba para o instituto de previdência.

O dinheiro é fruto da economia que a Câmara fez com diárias, passagens, cursos e congressos em todo o ano de 2019 e que agora deve ir para os cofres do IPAM atender à demanda dos aposentados e pensionistas, que aguardam um posicionamento da gestão municipal em relação aos seus pagamentos, prestes a completar dois meses de atraso, ainda sem qualquer justificativa, segundo relata a presidente do SINTRAMB, Germana Vasconcelos.

 Diferente de outras câmaras, a Câmara de Bayeux foi uma das poucas câmaras municipais da Paraíba a não gastar um centavo com diárias e passagens.

Além desses mais de R$ 162 mil enviados hoje à prefeitura, a Câmara ainda aprovou R$ 300 mil para o IPAM através do crédito suplementar gerado pela outorga onerosa dos royalties do pré-sal no início do mês.

“Estamos fazendo a nossa parte. A Câmara tem exercido o seu papel de receber as demandas da sociedade, discuti-las e buscar soluções dentro das nossas prerrogativas. O nosso Projeto de Lei prevê que se torne obrigatório a prioridade do pagamento da folha de aposentados, eles devem receber primeiro, antes de todo o restante do quadro porque já deram a sua contribuição ao município, merecem o nosso reconhecimento e o nosso respeito. Quanto aos mais de R$ 162 mil que estamos enviando aos cofres da prefeitura, recomendamos desde já ao prefeito que envie ao IPAM como uma contribuição nossa para que essa folha seja paga e não acumule, complicando ainda mais a situação, tendo em vista que estamos a uma semana do final de abril, tendo a folha de março aberta. Isso é desumano com os nossos aposentados”, declarou o presidente Jefferson Kita.

A Fonte

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.