Em nota, Pedrito afirma que sua gestão não cometeu irregularidades, se coloca à disposição das investigações e diz que apresentará provas à Justiça

Em nota, expedida no início da tarde desta quarta-feira (29), a gestão do prefeito Pedrito, de Cruz do Espírito Santa, presta esclarecimentos à população e à sociedade paraibana acerca dos desdobramentos da Operação Holerite, desencadeada nesta manhã e que apura eventuais irregularidades em empréstimos consignados envolvendo servidores da edilidade espírito-santense.

Na nota, Pedrito se revela surpreso com a deflagração da operação, vez que, segundo ele, os fatos narrados reportam-se há mais de cinco anos e que toda documentação solicitada pelas autoridades foram fornecidas, mas que a prefeitura nunca foi notificada para apresentar defesa no âmbito do processo.
Pedrito ainda afirma que a gestão está à disposição para quaisquer informações e esclarecimentos, que defende a elucidação dos fatos, que toda e qualquer documentação está à disposição das investigações e que, no tempo oportuno, “se demonstrará, dentro do devido processo legal, a inexistência de irregularidades pela Administração de Cruz do Espírito Santo”.

Confira a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação às investigações em andamento de responsabilidade da Controladoria Geral da União, Ministério Público Federal e Polícia Federal, nesta quarta-feira, 29, envolvendo o município de Cruz do Espírito Santo, a Prefeitura vem prestar os seguintes esclarecimentos:
1. Que recebeu com surpresa a ação dos órgãos de investigação desencadeada na data de hoje, vez que os fatos narrados se reportam à 2012, 2013 e 2014, há mais de cinco anos.

2. Que todas as informações solicitadas oficialmente foram apresentadas, contudo jamais o município de Cruz do Espírito Santo foi notificado para apresentar esclarecimentos e efetivar o contraditório acerca de eventuais dúvidas porventura existentes nas investigações.

3. Que a Prefeitura Municipal de Cruz do Espírito Santo está inteiramente à disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos solicitados pelos órgãos de investigação, por ter total interesse na transparência e esclarecimento dos fatos, inclusive disponibilizando quaisquer documentos, a qualquer tempo, de qualquer secretaria da mencionada edilidade.

4. Que quando do momento do contraditório e a permissão de esclarecimentos de eventuais acusações, serão feitas as devidas explicações e se demonstrará, dentro do devido processo legal, a inexistência de irregularidades pela Administração de Cruz do Espírito Santo.
Cruz do Espírito Santo, 29 de abril de 2020.

Pedro Gomes Pereira
Prefeito de Cruz do Espírito Santo

News Paraíba

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.