Daniella Ribeiro pede adiamento das provas do Enem em razão da pandemia do coronavírus

Em razão da pandemia do coronavírus no Brasil, a senadora Daniella Ribeiro (Progressistas) vai apresentar, na sessão do Senado federal desta quinta-feira (2), o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), através do Projeto de Lei nº 1.277/2020.

A justificativa do projeto é para evitar o prejuízo causado aos futuros candidatos em consequência da suspensão das aulas nas escolas nesse período no qual se recomenda o distanciamento social como forma de minimizar a transmissão do coronavírus. As provas estão marcadas para outubro (modelo digital) e novembro (modelo tradicional).

“Sabemos que instituições de ensino, públicas e privadas, do ensino básico ao superior, e por consequência todo o corpo de docentes e alunos, tiveram suas atividades descontinuadas. Por isso, a nossa proposta é que haja adiamento das provas do Enem, para que não haja prejuízo aos estudantes. Só para exemplificar, aqui na Paraíba as escolas estão com as atividades suspensas há quase 20 dias, sem perspectiva de retorno”, destacou a senadora.

A proposta inclui na Lei de Diretrizes e Bases da Educação dispositivo que garante a prorrogação automática para as provas, exames e demais atividades de seleção para acesso ao ensino superior até que estejam concluídos os respectivos anos letivos nas instituições de ensino público e privado. “É imprescindível pensar na situação dos estudantes, que vão se submeter a uma prova como o Enem com uma lacuna de conteúdos, por isso defendo o adiamento”, afirmou.

 Assessoria

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.