Presidente da FPF diz que CBF descarta volta do futebol em maio e tem junho como mês limite

Segundo o dirigente, Séries A, B e C serão retomadas após os estaduais e podem ser finalizadas apenas em 2021


Durante a reunião que estabeleceu a criação de um protocolo para o retorno do Campeonato Pernambucano, ocorrida nesta segunda-feira, na sede da FPF, o presidente da entidade, Evandro de Carvalho, afirmou que a Confederação Brasileira de Futebol descartou o retorno das competições nacionais em maio.
No encontro, que contou com a participação de Jorge Pagura, presidente da comissão de médicos da CBF, além dos representantes dos clubes estaduais, o mandatário detalhou as ações pensadas para o futebol nacional.

"Objetivo da CBF é acabar os estaduais para começar o Brasileiro. Aí há uma grande chance de o Brasileiro adentrar o próximo ano" - disse Evandro, durante a reunião com os representantes dos clubes de Pernambuco.
A ideia inicial é que os clubes sejam liberados para iniciar os treinamentos ainda no mês de maio para, com isso, prepararem os atletas fisicamente. No entanto, tanto o representante da CBF, quanto Evandro de Carvalho, ressaltaram que a medida só será adotada com a liberação do Ministério da Saúde e dos Governos Estaduais.
Vale ressaltar que, por determinação do Superior Tribunal de Justiça, cabe aos governadores e prefeitos a definição sobre amenizar ou não o isolamento social, determinado por conta da pandemia causada pela Covid-19. Atualmente, o Brasil tem 2.575 mortes e 40.581 infectados pelo novo coronavírus.



Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.