Antes de morrer, vítima de homicídio no Alto do Mateus estava "fazendo a cabeça", diz Polícia

De acordo com o sargento Barlavento, da Polícia Militar, Alberfan Martins da Silva, 34 anos, estava fumando maconha na frente da própria residência na manhã desta quarta-feira (29) quando foi assassinado. O crime aconteceu por volta das 7h.

“Segundo a esposa, ele saiu como costumeiramente na frente da residência, apertava um baseado e fazia a cabeça”, declarou o PM, que ainda destacou que a vítima havia discutido com uma pessoa da própria comunidade.

Conforme o delegado Diego Garcia, Alberfan já teve passagem pela polícia por porte ilegal de arma de fogo.

O Estopim

Nenhum comentário

Faça seu comentário

Tecnologia do Blogger.