O Governador João Azevedo (PSB) defendeu, neste sábado (25), apuração das acusações do ex ministro Sérgio Moro.


segundo o ex- ministro o presidente Jair Bolsonaro interferiu na policia federal.

O chefe do executivo estadual lamentou a divisão em um momento de combate a pandemia e disse que as instituições democráticas precisam ser preservadas.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.